A influência do prêmio de exportação, da taxa de câmbio e dos preços externos sobre o preço da soja no Brasil

Gilmar Ribeiro de Souza, Sandra Cristina de Oliveira, Giuliana Aparecida Santini

Resumo


O presente trabalho teve como objetivo principal confirmar a hipótese de que os preços recebidos pelos produtores de soja brasileiros são uma função de três variáveis importantes: os preços observados no mercado internacional, que tem como principal referência os contratos futuros negociados na bolsa de Chicago (CBOT), a taxa de câmbio Real/Dólar e o prêmio de exportação da soja - base Paranaguá, utilizando, para isso, a metodologia de análise de regressão múltipla. Secundariamente, pretendeu-se confirmar a caracterização do Brasil como tomador de preços no mercado internacional da soja. Constatou-se que o modelo se apresentou bastante apropriado, pois permitiu analisar satisfatoriamente a relação entre as variáveis e conclui-se que o preço recebido pelos produtores brasileiros de soja é realmente função destas variáveis, sendo os preços no mercado externo, base CBOT, e a taxa de câmbio, as variáveis de maior efeito sobre os preços internos.

Palavras-chave


Soja em grão; Comercialização; Formação de preço; Preços externos; Regressão linear múltipla

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


LAJBM está indexada em:

   

 

ISSN: 2178-4833