Práticas ambientais e suas relações com a competitividade e a sustentabilidade: um estudo de caso em empresa agroindustrial

Maria de Fátima Nóbrega Barbosa, Gesinaldo Ataíde Cândido

Resumo


O artigo tem por objetivo verificar as práticas ambientais de uma destilaria de álcool do Estado da Paraíba e suas relações com a sua competitividade e a sustentabilidade do município onde se localiza a empresa. Por meio de uma pesquisa exploratória e descritiva foi realizado um estudo de caso numa empresa sucroalcooleira. Os dados primários foram obtidos de entrevistas com diversos atores sociais. As práticas ambientais apresentaram um posicionamento estratégico oportunista; a competitividade mostrou-se moderada e a sustentabilidade foi observada com um nível de alerta. Os resultados indicam que as relações entre as variáveis ocorrem de forma indireta e faz-se necessário um modelo de gestão com maior conformidade aos interesses e necessidades dos seus stakeholders, em especial aqueles mais ligados à localidade.

Palavras-chave


Posicionamento Estratégico; Competitividade; Sustentabilidade; Stakeholders; Relações

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


LAJBM está indexada em:

   

 

ISSN: 2178-4833