HABILIDADES SOCIAIS PROFISSIONAIS PRESENTES EM ENGENHEIROS ALUNOS DE MBA DE UMA UNIVERSIDADE NO INTERIOR DE SÃO PAULO

Claudia Regina Carraro, Marilsa de Sá Rodrigues, Elvira Aparecida Simões de Araujo

Resumo


Com o mercado de trabalho cada vez mais concorrido, as empresas estão cada vez mais exigindo qualificação na hora da contratação de engenheiros. Além de conhecimento técnico, as empresas também exigem domínio de outros idiomas, informática e habilidades sociais. Este trabalho teve como objetivo realizar uma análise dos inventários de habilidades sociais (IHS-DEL PRETTE;DEL PRETTE,2011) aplicados em engenheiros, alunos de MBA de universidade do interior de São Paulo. Para a realização do trabalho foi realizado um breve levantamento bibliográfico sobre o ensino da engenharia no Brasil, habilidades sociais e habilidades que o mercado de trabalho espera dos engenheiros. Foi realizada a análise dos resultados dos inventários de habilidades sociais (IHS- DEL PRETTE;DEL PRETTE,2011) aplicados em doze engenheiros alunos do MBA . Os dados levantados na análise do IHS apontaram que 91,68% dos alunos engenheiros possuem bom repertório em habilidades sociais e apenas 8,34% possuem repertório abaixo da média inferior. No entanto, as habilidades sociais que apresentam escores inferiores podem ser treinadas e aprendidas conforme aponta literatura da área.

Palavras-chave


Engenheiros; Habilidades sociais profissionais; Mercado de trabalho; Desenvolvimento Regional

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


LAJBM está indexada em:

   

 

ISSN: 2178-4833