LOGÍSTICA REVERSA: UMA FERRAMENTA ESTRATÉGICA

Eliane França Verginio Zerboni, Renato Francischini da Silva, José Luís Gomes da Silva

Resumo


O Sistema Logístico, na sua performance, pode ser classificado como Logística Direta, Logística Verde e Logística Reversa. Esta última, a Logística Reversa, ocupa um espaço importante no sistema logístico das empresas, quer pelo seu potencial econômico, quer pela sua importância para a preservação de recursos ambientais. Cada vez mais rigorosas quanto ao descarte de insumos, as leis fazem com que as empresas tenham de desenvolver ferramentas reversas que dêem destinação adequada para embalagens, insumos e, até mesmo, para partes de seus produtos. A logística reversa vem sendo utilizada como ferramenta estratégica por empresas que desejam operar em um mercado competitivo. O artigo aqui proposto tem como objetivo analisar o reuso dos rejeitos gerados durante uma produção de peças metálicas do segmento de autopeças, buscando, dentro da Logística Reversa interna de uma empresa, a estratégia da sustentabilidade econômico. A pesquisa, de natureza qualitativa, se caracteriza como um estudo de caso. O tipo da pesquisa deste estudo se enquadra como descritiva. A coleta dos dados foi realizada por meio de análise documental dos setores da qualidade, produção, vendas, financeira e logística. Analisou-se a possibilidade de reutilizar os componentes rejeitados, com o foco nas sustentabilidades ambiental e econômica, usando como ferramenta a Logística Reversa para minimizar os prejuízos ocorridos por meio de rejeitos. Conclui-se que a Logística Reversa pode alcançar a sustentabilidade ambiental e econômica numa empresa que busca seu crescimento no mercado.

Palavras-chave


Gestão; Economia; Logística Reversa; Sustentabilidade; Reciclagem; Reuso

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


LAJBM está indexada em:

   

 

ISSN: 2178-4833