ANÁLISE DA COMPOSTAGEM COMO TÉCNICA SUSTENTÁVEL NO GERENCIAMENTO DOS RESÍDUOS SÓLIDOS

Catarinne Xavier de Melo, Sibele Thaíse Viana Guimarães Duarte

Resumo


Os resíduos sólidos urbanos estão no centro de uma das principais discussões sobre qualidade ambiental. A técnica de compostagem, utilizada nesse artigo, é uma estratégia sustentável no gerenciamento desses resíduos; técnica que tem como proposta a reciclagem da matéria orgânica descartada, de forma ecologicamente e economicamente viável, pois tem como resultado final um produto incapaz de gerar danos ao meio ambiente. O presente estudo analisa o gerenciamento e operacionalização através do retorno de bens e materiais após seu consumo, tendo como fim a minimização de prejuízos ambientais, através do tratamento adequado dos rejeitos. A pesquisa classifica-se como: aplicada, sob o ponto de vista da natureza, pois objetiva gerar conhecimentos práticos dirigindo à solução de problemas específicos, envolvendo interesses socioambiental e socioeconômico. Tem por objetivo apresentar a compostagem como método adequado para gerenciamento de resíduos sólidos urbanos e avaliar a técnica como uma proposta de canal logístico reverso na geração de valor ambiental, social e econômico. Além de, analisar a decomposição dos resíduos; verificar as vantagens que a técnica apresenta na complementação da reciclagem biológica e utilização do composto orgânico na agricultura; como identificar os benefícios sustentáveis qualitativos e econômicos com a produção do adubo. Como conclusão, revela a diversidade de alternativas favoráveis com a utilização da técnica, ao meio ambiente. O experimento aponta uma brecha para possibilidade lucrativa com a comercialização do fertilizante orgânico, intui melhorias quanto à redução dos resíduos urbanos nos aterros sanitários, além de contribuir para agricultura, permitindo a implantação de uma cultura racional de gestão ambiental.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


LAJBM está indexada em:

   

 

ISSN: 2178-4833